Mercado imobiliário
13.out.2013
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Mercado imobiliário: negócios em ascensão atraem novos profissionais

Cada vez mais, em todo o País, profissionais de outras áreas são atraídos para o setor imobiliário. Isso é resultado do bom momento do mercado

Imagem Mercado imobiliário: negócios em ascensão atraem novos profissionais
Logo Copiar Blog Notícia

No passado, a profissão de corretor de imóveis era uma carreira passada de pai para filho. Com o tempo, percebeu-se que o mercado começou a receber profissionais sem formação e especialização, até mesmo sem registro profissional. Infelizmente, essa questão do registro ainda é um problema a ser resolvido, mas em menor grau que no passado. O que se vê é uma grande maioria de novos profissionais que vêm de outras áreas, mas com cursos e registro do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci).

Isso, sem dúvida, é resultado do bom momento pelo qual a indústria imobiliária passa, atraindo pessoas em busca de um retorno garantido. Mas que não se iludam: sucesso e retorno existem com muito trabalho.

Com isso, o mercado fica um pouco mais gabaritado, pois profissionais de diversas áreas trazem suas experiências para o setor - que só ganha com isso. Hoje, por exemplo, é muito fácil ver advogados, administradores, contadores e até jornalistas e médicos fazendo intermediação. Claro, todos em busca da boa remuneração que o ramo proporciona.

Uma grande imobiliária da Capital, por exemplo, criou, há alguns anos, um setor especializado em negócios de altíssimo padrão. Foi a Coelho da Fonseca, com os Private Brokers. São pessoas acostumadas com as altas rodas da sociedade, com livre trânsito entre os mais abastados, que recebem o registro e atuam nesse nicho. Recentemente, inclusive, essa iniciativa recebeu o Master Imobiliário, prêmio criado pela Fiabci-Brasil e pelo Secovi-SP.

Leia também:
Mercado imobiliário aquecido na zona leste com modernos investimentos
Zona leste terá vantagens com novo Plano Diretor
Mercado imobiliário: Internet é aliada do setor

Essa nova leva de profissionais é fruto de um circulo virtuoso. O setor está fazendo mais negócios, o que tem atraído profissionais mais gabaritados, que levam suas experiências para o contato com os compradores, que sentem mais confiança e fecham mais negócios. Mas aí reside um ponto fundamental: com maior exigência por parte dos clientes, mais gabaritado deve ser o corretor. Daí, ter um profissional com vivência em outras áreas, mais informado sobre tudo e, muitas vezes, até poliglota, ajuda muito.

Só para deixar bem claro: qualquer pessoa pode atuar no mercado imobiliário, mas, para isso, por lei, tem de passar por cursos de capacitação que podem durar até dois anos. Além disso, é obrigatória a carteira de inscrição no Creci. Informações, no site da entidade.



#MERCADO IMOBILIÁRIO
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Como comprovar a renda no Financiamento Imobiliário?
Próximo Post >
Prefeitura muda forma de envio dos boletos de IPTU

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog