Notícias
15.set.2013
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Mooca tem obras embargadas

Como reflexo da queda de imóvel em São Mateus, Prefeitura reage e embarga construções em toda a cidade. Zona leste ainda tem terrenos em situação de risco

Imagem Mooca tem obras embargadas
Logo Copiar Blog Notícia

Reação tardia ou pura constatação de que estava na hora de se tomar uma atitude. Depois que um imóvel desabou na região de São Mateus causando a morte de dez homens e ferindo outros 26 que trabalhavam nas obras, a Prefeitura resolveu agir e começou a embargar obras em risco na Capital. Como diz um velho ditado "casa arrombada, trancas à porta". Mas, do mesmo jeito, "antes tarde do que nunca".

A reação da Prefeitura foi acionar suas subprefeituras e caprichar na fiscalização. O resultado disso é que mais de 500 obras que estão em situação irregular e foram embargadas. A Mooca, na zona leste, quinto lugar na lista dos bairros com maior número de paralisações: 45. A vistoria foi efetiva, pois o Ipiranga foi o único bairro livre de construções irregulares. São Mateus, onde aconteceu à tragédia, teve 30 obras embargadas.

Perto do total de obras que são realizadas atualmente em São Paulo, esse número não chega a ser alarmante. Alarmante, sim, é se imaginar que existem empresários - de todos os tamanhos - que não se preocupam com o óbvio, que é a segurança de quem trabalha e de quem passa por essas obras. Lembre-se que, ainda mais recentemente, um muro de uma casa em má conservação na zona sul caiu e matou uma pessoa que aguardava ônibus em um ponto. Ou seja, questão de responsabilidade do dono.

Leia também:
Mercado Imobiliário - Aluguel fica 0,7% mais caro em julho
São Miguel é um ótimo lugar para investir
Mercado imobiliário: a palavra-chave do setor é sustentabilidade

Resta-nos esperar que casos como esses não aconteçam mais. Cabe à Prefeitura, sim, fiscalizar e paralisar obras. Mas cabe ainda mais a responsabilidade de todos os envolvidos - proprietários, construtores, operários etc. - para que tenhamos a segurança de andarmos e trabalharmos por e em lugares seguros, sem o risco de cair um tijolo em nossas cabeças.

#NOTÍCIAS
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Número de visitas cai na zona leste
Próximo Post >
Dicas de como preparar a mala para ir à praia

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog