Mercado imobiliário
24.nov.2013
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Mercado imobiliário: Um ano de desafios

Com a chegada do final do ano começam as especulações e perspectivas para o próximo período. Segundo agentes do mercado, 2014 será um ano desafiante

Imagem Mercado imobiliário: Um ano de desafios
Logo Copiar Blog Notícia


É chegado o momento de balanços e perspectivas para o mercado imobiliário. O mês de dezembro começa o período de análises em que o setor vê como foi o ano e já faz seus planos e projetos para o próximo período. Não entrando no mérito dos números, mas na opinião de especialistas e agentes do segmento, o próximo ano será desafiante.

Um desafio para que seja mantido o bom desempenho deste ano, desafio para que o total de lançamentos não caia, mas, principalmente, para que as vendas continuem altas. O ano de 2013 mostrou que o setor sabe viver e tirar proveitos das adversidades. Os números, de modo geral, foram bons, ainda mais se comparados com 2012 e, ainda mais, com 2011, que teve uma retração.

Para alguns profissionais, o valor dos imóveis deve subir acima da inflação, o que deve acarretar em crescimento moderado nas vendas, mas nada que seja preocupante. O setor ainda terá bons números. Mesmo que a Copa do Mundo não afete diretamente as vendas do segmento, é de se esperar, como toda a economia do País, que se viva um momento de expectativas, mais para o que deve ocorrer depois do evento.

No caso, como algumas regiões, principalmente as que estão perto de estádios e que tiveram melhorias na infraestrutura, devem se comportar. O fator "copa" valorizou algumas regiões e o preço das unidades aumentou, mas a tendência, segundo empresas e profissionais, é de estagnação nos valores.

Leia também:
Mercado Imobiliário tem alta de 33,3% nas vendas
Copa do Mundo agita mercado imobiliário no Brasil
Mercado imobiliário: Um novo consumidor

Outro ponto lembrado por pessoas que atuam no mercado é que em 2014 também viveremos um ano de eleições e, historicamente, a economia, de modo geral, e o mercado, particularmente, tendem a esperar o cenário final para tomadas de decisões. Em contrapartida, eles também apontam que a economia brasileira já passou por todos os percalços que poderia passar e está "calejada" contra quedas bruscas ou mesmo inflação alta. São dois cenários que não devem acontecer mais - frisando que é um sentimento do mercado e de especialistas.

Enfim, podemos até ter uma estagnação, um momento de espera, mas isso não será necessariamente um retrocesso ou um período negro para nossa economia. O Brasil cresce e aumentam os negócios com imóveis - o País, inclusive, vê aumentar consideravelmente interesse de investidores estrangeiros. O ano de 2014 será mais "calmo", mas não parado.


#MERCADO IMOBILIÁRIO
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Cresce busca por consórcio de imóveis
Próximo Post >
Como comprovar a renda no Financiamento Imobiliário?

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog