Mercado imobiliário
23.ago.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Imóveis econômicos representam 35% do total de lançamentos

Foram apresentadas 2.802 unidades no primeiro semestre

Imagem Imóveis econômicos representam 35% do total de lançamentos
Logo Copiar Blog Notícia

O mercado imobiliário aos poucos mostra sinais de recuperação. Depois dos índices registrarem reação das vendas de imóveis na cidade de São Paulo com 12 mil unidades comercializadas no primeiro semestre de 2018, os lançamentos também confirmaram o comportamento positivo.

Segundo dados da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio), foram lançadas 8.068 unidades residenciais no primeiro semestre deste ano na cidade de São Paulo, correspondendo a um crescimento de 4% em relação ao primeiro semestre de 2017, quando os lançamentos totalizaram 7.769 unidades residenciais.

Os imóveis mais procurados pelo consumidor são as mesmas características das unidades vendidas, ou seja, unidades de 2 dormitórios, área útil inferior a 45 m² e na faixa de preço de até R$ 240 mil.

Já os imóveis econômicos ganharam destaque no cenário. Essas unidades representam com 35% do total de lançamentos no primeiro semestre de 2018, com 2.802 unidades lançadas. No mesmo período do ano passado, essa participação foi de 19%, com 1.510 unidades lançadas.

O aumento da participação dos imóveis econômicos refletiu-se no preço médio anual dos lançamentos por metro quadrado que, segundo a Embraesp, foi de R$ 8,5 mil - considerando os imóveis lançados no período de 12 meses até junho de 2018 -, e menor que o registrado em dezembro de 2017, que estava em R$ 8,6 mil.

"Acreditamos que haja redução entre 8% e 10% no volume de lançamentos, resultando em aproximadamente 28 mil unidades lançadas no ano. Quanto às vendas, a expectativa é de crescimento entre 10% e 17%, chegando a algo em torno de 25 mil a 27 mil unidades comercializadas", prevê o presidente do Secovi-SP, Flavio Amary.

Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Caixa reduz juros do financiamento imobiliário
Próximo Post >
Mercado Imobiliário mostra reação do setor