Notícias
22.out.2014
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

O imóvel nunca deixou de ser um excelente negócio para investimento

O mercado imobiliário sempre esteve em constante ascensão e a zona leste de São Paulo se tornou uma das principais áreas procuradas pelos paulistanos

Imagem O imóvel nunca deixou de ser um excelente negócio para investimento
Logo Copiar Blog Notícia
seo-imobiliaria-itaqueraA conquista da casa própria é o maior sonho para muitos brasileiros. A aquisição de um imóvel necessita estudar o mercado e exige realizar diversas pesquisas, pois não deixa de ser um investimento a longo prazo que envolve percepções da economia no geral.

Mas será que é o momento certo para investir no ramo imobiliário? As dúvidas são diversas, pois muitos acreditam que o setor brasileiro vive um momento de incertezas diante do período que antecede as eleições. A população está com receio de assumir uma dívida longa sem saber o que vai acontecer com a economia no país.

Por outro lado, investir em imóvel é garantia de rentabilidade, até mesmo nas fases mais difíceis como agora, pois chegamos ao ápice da valorização com 5,37% nos últimos doze meses, conforme pesquisa divulgada pela Global Property Guide. Entretanto, muitos investidores e conservadores, preferem comprar um imóvel e obter a renda do aluguel do que arriscar na bolsa, pois em vários índices o retorno é negativo. 

Também existe a especulação de que o aluguel não é garantia de renda, mas nos últimos anos, mesmo com a demanda crescente dos imóveis devido ao aumento da população, os números de ações de "despejos por falta de pagamento" cai ano a ano. E em grande parte refere-se à mudança na legislação ocorrida em 09/12/2009(Lei 12.112). Com a alteração na lei, o prazo do despejo se resolve em média de 3 a 6 meses, ante os 14 meses. 

Outro fator relevante, é que o ramo imobiliário no Brasil vive um momento de estabilidade econômica. Segundo pesquisa da Global Property Guide, a capital paulista apresenta desaceleração na alta dos preços em comparação ao ano de 2013. O estudo aponta que São Paulo é o décimo mercado mais aquecido do mundo, à frente dos Estados Unidos, Holanda, Japão, Canadá, Alemanha, Portugal, Suíça, China, entre outros países. 

Diante de tudo isso, o mercado imobiliário sempre esteve em constante ascensão e a zona leste de São Paulo se tornou uma das principais áreas procuradas pelos paulistanos. E quem está em busca por excelentes locais para morar com a família, a região possui grande potencialidade de vendas por causa do giro de mercado. 

Mesmo nos bairros considerados periféricos, como por exemplo, Itaquera, hoje, a região passa a ser reconhecida como a nova classe média do Brasil e a visibilidade da construção do estádio Arena Corinthians acarretou em diversas obras e melhorias na infraestrutura, o que trouxe valorização para os imóveis. O local atrai compradores na busca por ofertas de novos e usados (apartamentos e sobrados) e unidades com o melhor custo-benefício.

Itaquera conta com uma população de aproximadamente 220.292* mil (censo de 2008) em uma área de 14 km², resultando em uma densidade demográfica em 150,88* hab/km². E a média do valor por metro quadrado dos apartamentos à venda é de aproximadamente de R$ 3.500 a R$ 4.000,00**, tornando-se um bairro nas mesmas condições dos mais próximos, ou seja, atualmente, ele não pode ser mais qualificado como uma das grandes periferias de São Paulo.

Enquanto isso, nos bairros vizinhos Artur Alvim e Guaianases, os apartamentos com uma vaga têm o seu metro quadrado em média R$ 3.700,00 e R$ 3.300,00**, respectivamente. Nas áreas mais periféricas da zona leste, o metro do apartamento pode girar entre R$ 2.500,00 até R$ 3.000,00**.

Outro fato que contribui para o crescimento de Itaquera é o programa de metas da prefeitura, pois existem muitos projetos de melhoria, inclusive, com propostas ambiciosas. Alguns já começaram, como por exemplo, as obras para conservação das ruas e áreas verdes, criação de escolas, creches, postos de saúde e o Parque Tecnológico, que possui 20% das obras em andamento. Na região, a prefeitura quer também legalizar muitas áreas de favelas, implantando edifícios populares que automaticamente valorizarão o mercado imobiliário.

O bairro também vai ganhar um novo terminal próximo à estação Corinthians – Itaquera do Metrô e contará com 40 mil metros quadrados. Já o terminal atual foi reformado e, agora, conta com mais oito mil metros quadrados, novas plataformas e passarela com elevadores. Proporcionando assim, mais acessibilidade aos moradores.

Portanto, os índices são favoráveis para a aquisição do imóvel próprio. E com uma análise criteriosa é possível encontrar ofertas com preços atrativos e com o melhor custo-benefício. 

*Fonte: Site da Prefeitura / setembro de 2014

**Fonte: ZL Imóvel www.zlimovel.com.br / setembro de 2014





#NOTÍCIAS
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Prefeitura inicia processo de concessão nos Parques
Próximo Post >
Inscrições abertas para moradias populares no Centro

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog