Mercado imobiliário
07.jan.2014
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Mercado imobiliário: os diferenciais obrigatórios

Alguns diferenciais que eram opcionais em lançamentos, hoje são itens obrigatórios e essenciais em unidades e edifícios, independentemente do padrão

Imagem Mercado imobiliário: os diferenciais obrigatórios
Logo Copiar Blog Notícia


Se no passado um edifício para ser bem vendido precisava exclusivamente de uma área útil interessante, quartos e salas espaçosas e, quem sabe, uma área de lazer, um salão de festas e vagas de garagem, hoje, esses itens são parte essencial de qualquer empreendimento.

Assim acontece com outros diferenciais que não faz muito tempo eram só opcionais, como espaço gourmet, jardins, home offices, internet, academias, entre outros, já são entregues e usados pelas construtoras como atrativos de seus empreendimentos.

Leia também:
Mercado imobiliário: terceira idade mostra sua força
O Mercado Imobiliário em 2013 e o que esperar para 2014
Mercado imobiliário: um tipo de comprador para cada região

Segundo levantamentos do Secovi-SP, as varandas, um item que no passado era obrigatório, mas que, em razão da compactação de espaços, perdeu esse caráter, voltou a ter essa obrigatoriedade. De acordo com a entidade, cerca de 30% dos compradores de apartamentos na Capital paulista só querem uma unidade com esse espaço.

Não demora muito, prédios verdes, com água de reuso, por exemplo, que hoje ainda não só uma unanimidade nos lançamentos, serão maioria e, em seguida, essenciais nos futuros condomínios. Assim caminha o mercado, o que é moda vira, em muito pouco tempo, padrão.


#MERCADO IMOBILIÁRIO
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Conheça as responsabilidades do Zelador
Próximo Post >
Descubra se é seguro comprar imóvel com Corretor Autônomo?

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog