Mercado imobiliário
03.nov.2014
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Mercado imobiliário: Cobrança de IPTU para imóvel desocupado

Prefeitura vai recolher imposto maior de unidades vazias

Imagem Mercado imobiliário: Cobrança de IPTU para imóvel desocupado
Logo Copiar Blog Notícia
Já está certo: a Prefeitura vai cobrar mais IPTU de imóveis desocupados e, isso, começa já em 2015. A notícia pode pegou os proprietários de surpresa, entretanto, de certa forma, pode ser muito interessante para o mercado, principalmente, para quem aluga.

Foi assinado esta semana o decreto que permite a cobrança do imposto progressivo no tempo para unidades ociosas ou subutilizadas na cidade. Na prática, significa que um imóvel vai pagar mais IPTU conforme o seu tempo de desocupação. E vai aumentando conforme o proprietário não dá uso à propriedade. Ele vai pagar pela ociosidade.

Essa prerrogativa já estava prevista no novo Plano Diretor Estratégico (PDE), assinado em agosto, e previa que imóveis e áreas particulares sem uso poderiam ser taxados e, até, ser confiscados pela administração municipal se isso não fosse resolvido. A medida visa principalmente ao Centro, mas é possível ser estendida para toda a Capital.

O que a Prefeitura deseja é o fim da especulação. Unidades que ficam vazias esperando melhores preços. Ou seja, se não quiser vender ou alugar, o dono vai pagar mais ou pode até perder o seu bem, que seria destinado a moradias populares.

De certa forma, isso pode ser um bem para o segmento. Pois, com mais imóveis e bem localizados, mais negócios podem surgir.
 

#MERCADO IMOBILIÁRIO
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Conheça as responsabilidades do Zelador
Próximo Post >
Descubra se é seguro comprar imóvel com Corretor Autônomo?

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog