Notícias
30.mar.2015
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Como analisamos as ciclovias na zona leste

Principais vias podem afetar diretamente Mercado Imobiliário

Imagem Como analisamos as ciclovias na zona leste
Logo Copiar Blog Notícia
Antes de qualquer discussão ou debate com relação ao título, cabe um esclarecimento: toda equipe do Portal ZL Imóvel é favorável ao transporte alternativo e entende que as ciclovias são necessárias.

Mas cabe uma reflexão específica com relação à zona leste: elas estão sendo construídas nos lugares certos? Sabemos que o Ministério Público decidiu pela paralisação das obras de novas vias até que tudo seja provado e esclarecido, mas a questão é com as que já estão em funcionamento.

Quem anda pelos bairros da zona leste percebe que algo deve ter sido feito sem planejamento. Se não vejamos. Bairros mais nobres, mas próximos do Centro e que tem transporte um pouco melhor, tem ciclovias em abundância. Tatuapé, Vila Carrão, Mooca, só para citar três, tem as suas espalhadas por diversas ruas. Em contrapartida São Mateus, Itaim Paulista e Guaianases, não.

Os três primeiros bairros não têm histórico de pessoas que usam esse tipo de transporte. Isso porque a maioria de seus moradores trabalha em regiões mais distantes, como Centro, Paulista, zona sul e não se deslocam com esse meio, mesmo que para chegar ao metrô, por exemplo. Diferente é a situação dos outros três bairros, que têm uma população que usa muito bicicletas e até se deslocam entre distâncias menores, pois as empresas desses bairros empregam, geralmente, moradores mais próximos.

O mercado imobiliário, a reboque, também pode ter suas consequências. Instaladas geralmente em vias de menor fluxo de carros e quase nenhum transporte, as ciclovias tomam todo um lado dessas vias, não permitindo paradas e atrapalhando construções de empreendimentos. Já há relatos de agentes que atuam nesses bairros de pessoas que deixaram de fechar negócios exatamente em razão de os imóveis (residenciais e comerciais) estarem nesses logradouros. Tal qual pessoas que fogem de ruas com feira.

Ratificando que o Portal ZL Imóvel não tem qualquer posição contra as ciclovias, muito pelo contrário. É até orgulho para nós que a região tenha uma das primeiras ciclovias e a maior em extensão da cidade, às margens da Radial Leste.

A única posição com relação às ciclovias é que deveriam ter sido mais bem pensadas e instaladas onde seriam mais bem aproveitadas. Bem, essa discussão parece perdida em razão da paralisação. Mas queremos que, quando voltarem - e vão - sejam analisadas e construídas com mais rigor e planejamento.

#NOTÍCIAS
Fonte:
ZL Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Leste de São Paulo
www.zlimovel.com.br
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Prefeitura inicia processo de concessão nos Parques
Próximo Post >
Inscrições abertas para moradias populares no Centro

Localizar Notícias

Imagem Localizar Notícias do Blog