Notícias do Mercado Imobiliário

Mercado imobiliário: setor precisa se mexer para não entrar em crise

Estoque alto, sem previsão de novos lançamentos e devoluções. O segmento vive, talvez, um dos seus priores momentos deste século

O título pode parecer calamitoso, mas não necessariamente é. O setor vive, talvez, neste ano um dos piores momentos deste século (talvez até mais), mas ainda há condições de reverter esse cenário negativo.

Este ano, o número de lançamentos cai mês a mês. Basta analisar levantamentos de todas as entidades representativas e de algumas empresas que fazem pesquisa. Além disso, o estoque - que sempre foi à âncora do setor - também não vem apresentando bons índices de venda. Ou seja, além de não colocar novas unidades no mercado, as que são remanescentes de lançamentos anteriores não são escoadas.

Pior, algumas empresas estão percebendo outro fato negativo: o número de devoluções está aumentando nos últimos meses. O ruim é que essas unidades já haviam entrado nos balanços das empresas, nas pesquisas e computadas como lucro futuro para novos investimentos, mas agora estão sendo devolvidas. Mesmo que se cobre a multa (em média é entre 10% e 20% do valor já pago, a título de despesas administrativas), ou mesmo que, em alguns casos a Justiça entenda que não deva se pagar qualquer valor, o prejuízo entra no "borderô".

Mas, calma lá, nem tudo está perdido ou o estado é crítico. O que pode ser visto como ruim é apenas uma fase, segundo agentes ouvidos pelos portais do Grupo SP Imóvel. Muitos profissionais - sejam de construtoras/incorporadoras e imobiliárias - entendem que isso é apenas transitório. Este ano, o reflexo que já vem desde 2012, coincidiu com dois eventos que, por si só, já faria o setor "dar um tempo". Copa do Mundo e eleições (lembrando que este ano foi uma supereleição, com escolha de presidente a deputados estaduais) fizeram com que o setor ficasse em compasso de espera.

O otimismo veio, mas não se mostrou com resultados concretos. Ou seja, houve grande expectativa de uma mexida positiva no setor, mas quando se percebeu, compradores não responderam da mesma forma. Um dos grandes problemas - que tende a se normalizar em breve - foi o aumento do valor do metro quadrado em algumas importantes regiões. A economia também não se mostrou tão forte e o receio dos compradores de perder emprego ou sua real condição de pagar seus compromissos foi forte.

A tendência é que o setor se normalize, que comece a lançar em velocidade mais reduzida e de forma mais pensada. Os estoques também devem ser escoados, mas isso vai levar um pouco mais de tempo para que tudo volte ao eixo normal. Como o mercado imobiliário age como uma fênix (que renasce das próprias cinzas), o cenário futuro tende a ser bem melhor. Quem espera, verá.







Criado por: Portal ZL Imóvel -www.zlimovel.com.br
Autor: Marco Barone (barone.noticias@spimovel.com.br) em 12/10/2014 00:00:00


Todas Notícias
19/10/2016 - Qual o valor da locação por metro quadrado de cada região?
Dados por número de dormitórios e estado de conservação
17/10/2016 - Quais foram os imóveis usados mais vendidos?
Pesquisa foi realizada com 320 imobiliárias da capital
13/10/2016 - Locação de imóveis continua em alta
Agosto registra crescimento de 8,94%
11/10/2016 - Mercado Imobiliário - Cresce venda de imóveis usados em SP
Financiamentos de bancos privados somam 25,26% do total
06/10/2016 - Plano&Plano lança empreendimentos do Minha Casa Minha Vida
Construtora apresenta conceito moderno de habitação popular
03/10/2016 - Mooca: um bairro completo e muito procurado
Locação de imóveis varia de R$ 15,98 a R$ 22,21 o metro qua
30/08/2016 - Região do Brás une o melhor do polo comercial e residencial
Bairro é conhecido pelas confecções de roupas
24/08/2016 - Cury promove ação de revitalização em Itaquera
Grafiteiros repaginaram entorno do Reserva Parque do Carmo
16/08/2016 - Zona Leste a mais procurada
Região apresentou maior volume de vendas e lançamentos
03/08/2016 - ZL Imóvel apoia evento sobre planejamento estratégico
Palestra reuniu mais de 40 empresários do ramo imobiliário
26/07/2016 - Moradias populares têm inscrição prorrogada
Governo estende prazo até 24 de novembro
25/07/2016 - São Mateus vive de dualidades
Região também é um com mais possibilidades
20/07/2016 - Mercado Imobiliário volta atenção para classes A e B
Ofertas para esse nicho apresentaram crescimento de 10%
11/07/2016 - Melhor casa do mundo na Vila Matilde ganha novo prêmio
Imóvel localizado na Zona Leste custou R$ 150 mil
04/07/2016 - De olho no extremo leste
São Miguel e Itaim terão muitas obras
22/06/2016 - Carrão: segurança e tranquilidade para você e sua família
Região possui características residenciais e comerciais
15/06/2016 - Zona Leste lidera vendas e lançamentos de imóveis
Região foi responsável por 493 imóveis comercializados em SP
09/06/2016 - Cury Construtora lança complexo "Minha Penha"
Empreendimento conta com unidades a partir de R$ 190 mil
06/06/2016 - ZL Imóvel completa 10 anos de sucesso
Portal surgiu em 2006 com uma ideia inovadora no mercado
30/05/2016 - Tibério une residencial e comercial em único empreendimento
Localizado no Tatuapé, projeto é tendência em todo o mundo
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 

O Guia de Serviços da Zona Leste