Notícias do Mercado Imobiliário

  • 02/07/2015

    Conheça a alternativa para financiar 90% da casa própria

    O programa pode ser aplicado para imóveis novos ou usados
    Tamanho da Fonte: A- | A | A+
  • A Caixa Econômica anunciou, recentemente, a redução do teto de financiamento para imóveis usados através do Sistema Financeiro da Habitação (SFH). Essa restrição parece afetar o mercado imobiliário, principalmente para quem sonha em conquistar a casa própria, pois, com a nova medida é preciso dar 50% de entrada do valor do imóvel.

    As pessoas acreditam que agora ficou mais difícil ou até mesmo impossível comprar um imóvel, já que é necessário ter metade do dinheiro para dar de entrada. Porém, o que muitos não sabem é que existem outras possibilidades para o financiamento da casa própria.

    Uma alternativa é procurar os bancos privados, pois quase todas as instituições estão financiando cerca de 70% a 80%, mas com as taxas de juros um pouco alta. 

    Outra opção é o Programa Pró-Cotista, um sistema de financiamento pouco conhecido que utiliza os recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS para aquisição de imóveis residenciais novos ou imóveis usados avaliados até R$ 400 mil.

    Essa linha de financiamento tem a taxa de juros menor que os cobrados pelos bancos com recursos da poupança. Segundo informações da assessoria de imprensa do Banco Brasil, a vantagem dessa linha é que não há limite máximo de renda familiar, podendo ser utilizado tanto o Sistema Amortização Constante (SAC) ou a Tabela Price, com juros de 9% a.a. + TR. Também é possível usar o FGTS, conforme as regras do Fundo.

    De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa Econômica, os clientes com relacionamento com o banco possuem uma taxa nominal de 8,04% e 8,35% a efetiva. Para os que possuem conta salário é 7,58% a taxa nominal e a efetiva é de 7,85%. Já os clientes que não têm relacionamento, a taxa nominal é de 8,5101% e a efetiva é de 8,85%.    

    Pelo Banco do Brasil é possível financiar até 90% do valor da venda ou avaliação do imóvel novo ou usado. Já pela Caixa Econômica é de 80% para imóvel usado e 85% do imóvel novo. 

    Para a aquisição desta linha de financiamento são observadas algumas condições: ser maior de 18 anos, ter uma conta ativa no regime do FGTS e possuir, no mínimo, três anos (36 meses) de trabalho sob o regime de FGTS, consecutivos ou não, na mesma empresa ou em diferentes. 

    Por outro lado, não é possível ter um financiamento habitacional ativo no Sistema Financeiro da Habitação (SFH). Também não pode ser proprietário, futuro comprador, arrendatário ou cessionário de imóvel residencial, pronto ou em construção, que esteja localizado na região metropolitana.

    A conquista da casa própria é o maior sonho para muitos brasileiros, mas aquisição de um imóvel necessita estudar o mercado e exige realizar diversas pesquisas, principalmente, fazer simulações nas instituições financeiras, pois não deixa de ser um investimento a longo prazo que envolve percepções da economia no geral. 

    Interessados podem fazer a simulação através do site do Banco do Brasil (http://meuimovelbb.com.br) e da Caixa Econômica (http://caixa.gov.br/).



Todas Notícias
19/10/2016 - Qual o valor da locação por metro quadrado de cada região?
Dados por número de dormitórios e estado de conservação
17/10/2016 - Quais foram os imóveis usados mais vendidos?
Pesquisa foi realizada com 320 imobiliárias da capital
13/10/2016 - Locação de imóveis continua em alta
Agosto registra crescimento de 8,94%
11/10/2016 - Mercado Imobiliário - Cresce venda de imóveis usados em SP
Financiamentos de bancos privados somam 25,26% do total
06/10/2016 - Plano&Plano lança empreendimentos do Minha Casa Minha Vida
Construtora apresenta conceito moderno de habitação popular
03/10/2016 - Mooca: um bairro completo e muito procurado
Locação de imóveis varia de R$ 15,98 a R$ 22,21 o metro qua
30/08/2016 - Região do Brás une o melhor do polo comercial e residencial
Bairro é conhecido pelas confecções de roupas
24/08/2016 - Cury promove ação de revitalização em Itaquera
Grafiteiros repaginaram entorno do Reserva Parque do Carmo
16/08/2016 - Zona Leste a mais procurada
Região apresentou maior volume de vendas e lançamentos
03/08/2016 - ZL Imóvel apoia evento sobre planejamento estratégico
Palestra reuniu mais de 40 empresários do ramo imobiliário
26/07/2016 - Moradias populares têm inscrição prorrogada
Governo estende prazo até 24 de novembro
25/07/2016 - São Mateus vive de dualidades
Região também é um com mais possibilidades
20/07/2016 - Mercado Imobiliário volta atenção para classes A e B
Ofertas para esse nicho apresentaram crescimento de 10%
11/07/2016 - Melhor casa do mundo na Vila Matilde ganha novo prêmio
Imóvel localizado na Zona Leste custou R$ 150 mil
04/07/2016 - De olho no extremo leste
São Miguel e Itaim terão muitas obras
22/06/2016 - Carrão: segurança e tranquilidade para você e sua família
Região possui características residenciais e comerciais
15/06/2016 - Zona Leste lidera vendas e lançamentos de imóveis
Região foi responsável por 493 imóveis comercializados em SP
09/06/2016 - Cury Construtora lança complexo "Minha Penha"
Empreendimento conta com unidades a partir de R$ 190 mil
06/06/2016 - ZL Imóvel completa 10 anos de sucesso
Portal surgiu em 2006 com uma ideia inovadora no mercado
30/05/2016 - Tibério une residencial e comercial em único empreendimento
Localizado no Tatuapé, projeto é tendência em todo o mundo
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 

O Guia de Serviços da Zona Leste