Selecione os melhores imóveis da região:

Tatuapé, a porta do progresso da zona leste

TatuapéUma história de progresso que conta com quase 350 anos. O Tatuapé é, sem dúvida, o mais importante e progressivo bairro da zona leste - e um dos mais importantes da cidade. São 347 anos de história, completados este ano, que fizeram do Tatuapé o bairro mais interessante para se morar, trabalhar e ter um negócio na região.

O Tatuapé possui um dos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) mais elevados da cidade, de 0,936. Se comparado com o de países, ficaria em segundo lugar, atrás somente da Noruega. O IDH classifica os países conforme seu grau de desenvolvimento humano e ajuda a dividi-los como desenvolvidos, em desenvolvimento e subdesenvolvidos.

Possui uma área total de 8,2 km² e população de 75.481 habitantes, de acordo com o Censo do IBGE de 2010. Em razão no número de apartamentos, tem uma densidade alta de 92,05 habitantes por quilômetro quadrado. Para ter ideia, no Brasil, esse número é de 23,8 pessoas. Mas, em contrapartida, tem renda per capita média de R$ 2.361,96. Ou seja, são números que chamam a atenção de moradores, comerciantes, empresas e, claro, do mercado imobiliário.

O Tatuapé não é só a área perto do metrô, dos shoppings, ou seja, mais desenvolvida. Há um trecho mais antigo, perto da Avenida Celso Garcia que não teve o mesmo progresso e foi, principalmente povoada por casas mais modestas no passado - em alguns pontos, há certa degradação. Mas, mesmo essa área, nos últimos anos, passou a ser mais valorizada, a ponto de ser chamada de "novo Jardim Anália Franco", área marcada por prédios de altíssimo padrão.

Por ser, hoje, um dos distritos mais valorizados da cidade, encontra-se em pleno processo de verticalização, com diversos condomínios de alto padrão. Mas a qualidade de vida não se reflete em razão do verde, pois o bairro não possui muitas áreas verdes por habitante, estimado em 3,86 metros quadrados, muito abaixo dos 12 metros quadrados recomendados pela Organização Mundial de Saúde.

A vida no bairro é agitada e quase não há necessidade de seu morador sair muito metros de sua casa para ter o que precisa. Possui grande variedade de lojas de alto nível, bares, academias, supermercados, faculdades e centros comerciais, sem contar com três grandes shoppings centers: Metrô Tauapé, Boulevard Tatuapé e Anália Franco. Tem intensa vida noturna e cultural, com teatros como Fernando Torres, Eva Wilma e Silvio Romero. 

O bairro também tem interessantes empreendimentos corporativos, fazendo com que a bússola desse nicho começasse a virar para o bairro. O chamariz são os moradores de alto poder aquisitivo, empresários, que preferem ter seus escritórios perto de casa a cruzar a cidade para estar com uma sala na zona sul, por exemplo. As empresas perderam o preconceito com a zona leste graças ao Tatuapé.

 Embora a verticalização do bairro seja a olhos vistos, alguns críticos creditam isso à baixa qualidade de vida do Tatuapé. Em recente estudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), cientistas taxaram o bairro como comprometido em sua qualidade de vida. Interessante, entretanto, que décadas atrás já foi taxado como o mais poluído de São Paulo e nem existiam tantos prédios assim. Mas eram levadas em conta medições da Cetesb na Avenida Celso Garcia, por onde passavam centenas de ônibus diariamente e as antigas fábricas que nem existem mais. Mas, grosso modo, esse tipo de problema é percebido em todos os bairros com altos índices de desenvolvimento, onde o concreto é mais visto que o verde. Um mal da cidade como um todo.

Texto elaborado por Marco Barone em setembro de 2015




NOTÍCIAS DO MERCADO E DICAS DE DECORAÇÃO

O Guia de Serviços da Zona Leste